lecturas.org

Horóscopo, receitas, Celebridades e muito mais

Quinta-feiraAbr 24th

Última actualização06: 32: 00 PM GMT

Você está aqui

Promoção do Caminho de Santiago através de conferências internacionais na Holanda e Coréia do Sul


O Governo da Galiza vai promover o Caminho de Santiago com a realização de duas conferências internacionais na Coréia do Sul, em particular na cidade de Seul e da Holanda, na cidade de Utrecht.

Essas ações promovem o Caminho de Santiago com a realização destas conferências, está enquadrado na promoção internacional do Caminho de Santiago. Assim, o Plano de Gestão SA apresentou em Seul rota de peregrinação Jacobean como o exemplo de modelo de rota sustentável no âmbito da Conferência Mundial da Caminhada Internacional & City Biking Federation (Federação Internacional de caminhantes e ciclistas urbanos). Da mesma forma, a SA Gestão 2 participou entre novembro e 5 no âmbito da Conferência Internacional sobre o Caminho de Santiago, na cidade holandesa de Utrecht. O Governo galego enquadrado estas duas iniciativas na projeção recursos culturais e turísticos da Galiza enfrentar cenários destacados através do reforço da excelência do Caminho de Santiago, com várias figuras do cenário político, o desenvolvimento cultural e social dos cinco continentes .

Próxima sexta-feira, novembro 11, o Jacobean apresentar o Caminho de Santiago como um exemplo de modelo de rota sustentável como parte da Conferência Mundial da Federação Internacional de passeio da cidade e ciclismo. O evento, patrocinado pela organização, em colaboração com as Nações Unidas, será realizada na capital da Coréia do Sul para marcar o Ano Internacional das Florestas. A apresentação do Caminho de Santiago serão suportados pelo diretor-gerente do Plano de Gestão SA Jacobeo, Bunting Road, em colaboração com a cabeça de Cursos Internacionais da Universidade de Santiago de Compostela, lançado Calatayud. A apresentação contará com asemade, o escritor coreano Kim Hyo-Seon, autor de um dos livros sobre o Peregrino de maior sucesso na Coréia. Esta mão Jacobean conferência no interesse despertado na Ásia, na experiência do Caminho de Santiago como um caminho espiritual, envolvida, além de peregrinos, caminhantes e ciclistas de mais diversas origens.

Em seu discurso, o chefe dos trabalhos expostos Jacobeo layout de recuperação física do Caminho de Santiago nos fez no ano passado. Neste contexto, vamos explicar o processo de recuperação e melhorar os contornos das rotas galegas Jacobean com espécies arbóreas nativas. Este é um trabalho bem feito em várias seções destas vias em outras partes do Camino em Espanha e, em ambos os casos, continua até hoje. Ele também irá explicar o processo de criação e gestão de infra-estruturas para os caminhantes e ciclistas jacobino, como a rede de abrigos públicos, as áreas designado para bicicletas ou de edição de texto e guias relacionados, entre outros.

Na Conferência Internacional com a participação de representantes de governos, municípios e organizações sociais e especialistas dos cinco continentes. A Federação Internacional Andar & Bike City, também conhecida como Cidade Mundial Wike Federação, cujo presidente, Chung Un-chão, ex-primeiro ministro da Coreia do Sul. O objetivo da organização é promover o contacto entre trilhas urbanas e natural através de pé e de bicicleta, facilitando assim uma maior compreensão e cuidado com os contornos naturais. Ele também apoia e promove a agenda global da ONU para combater o aquecimento global e as mudanças climáticas.

Além de seu valor no contexto da Conferência Mundial sobre Caminhando em Seul, o Plano de Gestão SA é promover a St. James Way, na cidade holandesa de Utrecht, na Conferência Internacional sobre o Caminho de Santiago, que foi participação de associações e organizações de uma Europa jacobina, os EUA eo Japão. As 19 entidades representadas, que somam mais de 30 mil membros, pertencia a Holanda, Bélgica, Reino Unido, Irlanda, França, Alemanha, Polônia, Dinamarca, Noruega, Luxemburgo, os EUA eo Japão. Ele também enviou um relatório sobre suas atividades para o Sul Africano Associação, mas não teve representação oficial.

O encontro, o primeiro em uma escala que ocorre no mundo, realizada entre quarta-feira e sábado da semana passada. Incluiu cerca de cem presidentes e diretores dessas entidades 19. O objetivo das sessões intensas Trabalhar focada no compartilhamento de informações e colaboração entre associações mecanismos Jacobean no mundo e, especialmente, o sentido do Peregrino, no futuro imediato, os anos após a eclosão iniciados no início do 90 passado.

A conferência começou com uma iniciativa patrocinada pela Associação Holandesa de Amigos do James (Jacob van Sint Nerderlands Genootschap), que comemorou os anos 2011 25 após a sua criação, em 1987, concordando com a declaração do Caminho de Santiago, como o Itinerário Cultural primeiro Europa. Foi a partir de que, quando um grupo de holandeses que vieram em peregrinação a Compostela com freqüência e estudar durante anos o holandês decidiu rica herança jacobina de criação da entidade.

O Plano de Gestão SA Jacobeo, representado na reunião por dois técnicos especializados e associações de pesquisa Jacobean, colaborou com a entidade holandesa em atividades de patrocínio. Também foi realizada uma exposição, a todas as entidades presentes sobre a origem, objetivos e futuro esperado SA Plano de Gestão Jacobeo como uma entidade do Governo da Galiza, especializada na promoção e prestação de serviços do Caminho de Santiago. Asemade, a SA Management contribuiu o projeto com um acervo fotográfico em peregrinação na Espanha Alemão lã Steinback artista Silvia feita ao longo do Frances Camino. Esta amostra é composta por uma coleção de fotografias coloridas e brancas 55 e preto com uma estética muito pessoal. As imagens mostram o percurso, pontes, igrejas, mosteiros e catedrais e até mesmo peregrinos em Navarra, La Rioja, Castilla León e Galiza.

Os participantes, além de partilha das atividades realizadas desinteressadamente para o caminho em seus respectivos países, fornecendo informações aos peregrinos em perspectiva, o compartilhamento de credenciais, estudo e rotas de sinalização e herança que Jacobean seus países, o apoio de albergues de peregrinos, etc - também estudou o futuro do Peregrino, apontando a necessidade de continuar a preservar os seus elementos mais originais, por sua vez, proteger e fortalecer o futuro da Compostela peregrinação. Tendo em vista os resultados positivos do experimento, os participantes concordaram associações realizar uma segunda reunião na Polônia, a pedido das organizações no país, em setembro 2013.

Em suma um esforço grande promoção através destas conferências, que irão contribuir para internacionalizar ainda mais o Caminho de Santiago, como as pessoas saibam mais sobre ele, especialmente nos países asiáticos, que são cada vez mais peregrinos . Além dessas ações, além de certeza de que as pessoas saibam mais sobre o Caminho de Santiago, também contribuem para isso tem mais peregrinos chegando à Galiza.

Para mais informações:

Ministério da Cultura e do Turismo

Fonte: http://turismogalicia.blogspot.com/2011/11/promocion-del-camino-de-santiago-traves.html


Utilizamos tradução automática do espanhol. Tecnologia Google.